Área do Associado
Fale conosco

Histórias e Personagens

Carolina Martuscelli Bori

Carolina Martuscelli Bori (São Paulo4 de janeiro de 1924 — São Paulo, 4 de outubro de 2004) foi uma psicóloga brasileira, pesquisadora na área de psicologia experimental.

Graduou-se em pedagogia pela Universidade de São Paulo (USP) em 1947. Especializou-se em psicologia educacional também pela USP em 1948. Fez mestrado em 1952 na New School For Social Research NSSR,Nova IorqueEstados Unidos. Doutorou-se em psicologia pela USP em 1954, orientada por Annita de Castilho e Marcondes Cabral, com a tese Experimentos de Interrupção de Tarefas e a Teoria de Motivação de Kurt Lewin.[1] [2]

Liderou várias campanhas sobre o exercício profissional do psicólogo e foi o registro numero um no conselho da categoria por ser a única mulher dentre os constituintes. Batalhou pelo currículo mínimo para a graduação e pela implantação do curso de pós-graduação em Psicologia. Presidiu e participou de inúmeras comissões para criação de cursos de Psicologia e de pós-graduação em todo o país defendendo a obrigatoriedade de uma porcentagem de disciplinas com trabalho de campo ou laboratório e solicitando auxílios às instituições de fomento. Carolina Bori intermediava contatos com a administração da universidade para importar equipamentos em tempos difíceis. Fazia congressos com grupos de colaboradores e divulgava os princípios de análise do comportamento pelo Brasil propiciando condições para a vinda do professor Keller, fato fundamental para a Psicologia no Brasil, como vemos em diversos artigos de revistas cientificas da época (Keller, Bori e Azzi, 1964; Keller, 1974; Bori, 1974; Kerbauy, 1983). Como um dos poucos doutores em Psicologia nos anos 60 e como professora em cursos de pós-graduação, Carolina orientou mais de cem teses e dissertações em uma época na qual não havia limite no número de orientandos, dadas as condições existentes. Formação de pesquisadores e produção de conhecimento eram suas preocupações e sempre as via como necessidade urgente. Partia da formulação do problema para tomar decisões, buscar soluções e conseguir resultados.Traduziu livros básicos para a formação dos alunos, quando eram poucas as opções bibliográficas existentes.

O nome de Carolina está ligado a associações como a SBP, Sociedade Brasileira de Psicologia, a SBPC, Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência e, antes disso a Sociedade de Psicologia de São Paulo. Foi presidente de todas elas e membro atuante mesmo que não estivesse participando diretamente da diretoria. Participou das lutas para o desenvolvimento da Psicologia e Ciência no Brasil. Até o fim de seus dias, Carolina participou de comissões e organizações cientificas, debatendo o significado de ações e a necessidade de pontuar outras. Convivendo com cientistas de várias ciências no Conselho da SBPC, Carolina tinha uma visão sobre como a Psicologia deveria trabalhar para ganhar respeito de outras áreas do saber e auxiliar a sociedade em geral. Manteve a ênfase em pesquisa básica e aplicada e na colaboração com outras áreas de conhecimento. (fonte: Wikipedia)

Fotos

Documentos

Notícia sobre a homenagem a Margarida (Maggi) Hofmann Windholz, no Clube Hebraica E a Caminhada Valeu - Maria Ignez Rocha e Silva Onde Falta Melhorar a Pesquisa em Psicologia no Brasil sob a Ótica de Carolina Martuscelli Bori - Sílvio Paulo Botomé Edifício Carolina Bori reúne pesquisas em Educação Especial Divulga Cientista – Carolina Bori Relembrando Carolina Bori - Maria do Carmo Guedes Contribuição para a Formação de Psicólogos: Análise de Artigos de Carolina Bori Publicados Até 1962 - Gabriel Vieira Cândido e Marina Massimi Pesquisadores estudam a criação do Instituto Carolina Bori - Notícia publicada em 29 de maio de 2012 - João Bosco Jardim. Memorável Carolina Martuscelli Bori (1924-2004) - Maria do Carmo Guedes Carolina Martuscelli Bori - Canal Ciência Biografia Carolina Bori Arquivo Histórico Carolina Martuscelli Bori - Centro de Memória do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (CM-IPUSP) A presença de Carolina Martuscelli Bori na psicologia - Rachel Rodrigues Kerbauy Carolina Bori - Revista Psicologia, Ciência e Profissão Carolina Bori, Psicologia e Ciência no Brasil - Ana Maria Almeida Carvalho, Maria Amelia Matos, Eda T. de Oliveira Tassara, Maria Ignez Rocha e Silv Carolina Martuscelli Bori - Wikipedia Arquivo Carolina Bori - Centro de Memória do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (CM-IPUSP)